domingo, 4 de outubro de 2009

A uma senhora

João Roiz de Castelo-Branco, in Cancioneiro Geral de Garcia de Resende

5 comentários:

Alexandra disse...

A propósito da sua visita ao meu blog(desde já o meu agradecimento),respondo aqui também que sim são da minha autoria.

Mafalda disse...

Não, parece que estou de volta :)

maria teresa disse...

A quem dedica este post, posso saber?

Demóstenes disse...


Maria Teresa:
Só o poeta o poderá dizer...

PS: Não imagina a canseira que foi encontrar esta cantiga nas quatrocentas e muitas páginas do Cancioneiro Geral. Naquele tempo (início séc. XVI) o conceito de índice era uma coisa ainda muito rudimentar.

maria teresa disse...

Porque não me pediu ajuda, a pesquisar eu sou excelente, sem falsas modéstias.:):):)